Twitter Facebook

CUT CONTICOM > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > SINTRACOM DOURADOS MULTIPLICA FILIAÇÕES E DÁ EXEMPLO DE COMO ENFRENTAR RETROCESSOS DA “REFORMA” TRABALHISTA

Sintracom Dourados multiplica filiações e dá exemplo de como enfrentar retrocessos da “reforma” trabalhista

17/04/2018

Sindicato amplia as visitações aos canteiros de obras e ao chão de fábrica, debatendo desde saúde e segurança no trabalho até a importância da filiação

Escrito por: Leonardo Severo

nigran-Obra, Construtora LDN, R. A. Engenharia e Construções Eireli Ltda. A agenda de visitações aos canteiros de obras e ao chão de fábricas das empresas é extensa, aproximando cada vez mais o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de Dourados (Sintracom) e a Federação da Construção Civil, Mobiliário e Montagem Industrial do Mato Grosso do Sul (Fetricom)  do dia a dia do conjunto da categoria. Como resultado, há empresas em que mais de 80% dos operários já estão sindicalizados.
CHAVE - Na avaliação de Aline Chaves Ferle, presidente do Sintracom e secretária-geral da Fetricom, esta é uma ação que tem sido fundamental para enfrentar e derrotar a “reforma” trabalhista de Temer, que visa retirar direitos, ampliar o arrocho salarial e asfixiar as entidades para inviabilizar a resistência. 
“Nosso entendimento é que Sindicato forte é Sindicato presente. Daí a campanha de filiação em massa, participando e ouvindo os trabalhadores e as trabalhadoras nas suas lutas diárias”, esclareceu Aline, lembrando sempre da importância do trabalhador estar filiado não só para usufruir dos inúmeros benefícios que a entidade oferece, mas também dos resultados da Campanha Salarial.
NÃO À CHANTAGEM PATRONAL - “Temos alertado os companheiros para que, caso a empresa em que trabalha passe uma lista para fazer a opção de desconto da contribuição sindical ou de desfiliação, peça a presença do sindicato, que deve acompanhar esse processo. Então orientamos as razões do desconto e da importância da filiação”, frisa.
ABRIL VERDE - O Sindicato tem se somado com força neste Abril Verde, quando o Ministério Público do Trabalho dá maior visibilidade ao problema da saúde e segurança, para enfrentar os acidentes que têm ocasionado mortes e mutilações, destaca Aline. “Encontramos irregularidades como trabalhadores sem equipamento de proteção individual ou coletiva; trabalho em altura sem proteção; dentre outras, sempre comunicando as empresas para fazerem as devidas adequações em caráter de urgência”, sublinha.
  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Saúde e Segurança DIEESE CPN NR 18 Brasil Atual Compromisso Nacional - Aperfeiçoamento das Condições de Trabalho na Indústria da Consturção
NEWSLETTER

Digite seu e-mail para receber nossos informativos


CONTICOM

Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo SP | Telefone (0xx11) 3330-3668 - Fax (0xx11) 3330 3669