Twitter Facebook

CUT CONTICOM > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > EM EVENTO VIRTUAL, SINDICATOS APONTAM PRINCIPAIS AÇÕES PARA SINDICALIZAÇÃO DE TRABALHADORES JOVENS

Em evento virtual, sindicatos apontam principais ações para sindicalização de trabalhadores jovens

26/08/2021

Campanha é a principal ação do projeto “Sindicalismo e Juventude: Capacitar para Transformar”

Escrito por: Redação CONTICOM

              Um evento virtual, transmitido Ao Vivo na página oficial da CONTICOM no Facebook, nesta quinta-feira, 25 (acesse AQUI), marcou o início de uma campanha nacional de sindicalização de trabalhadores e trabalhadoras jovens do ramo da construção e madeira da CUT.

            Com o slogan “O Sindicato tá On pra Você”, a  Campanha integra o projeto “Sindicalismo e Juventude: Capacitar para Transformar” que está sendo realizado pela CONTICOM, com o apoio do Solidarity Center e participação de 12 sindicatos com base nas regiões sul, sudeste, centro-oeste e nordeste.

 

Plano de ação

            Durante a atividade de lançamento da Campanha, os sindicatos destacaram ações específicas e relataram os principais pontos de um plano de ação construído por cada entidade. Neste sentido, foram expostas várias ideias para envolver a juventude nas ações sindicais e incentivar a sindicalização. Dentre elas, destacam-se convênios culturais, educacionais e com segmentos mais atrativos para a juventude, como auto escolas, por exemplo.

 

Formação politica

            Segundo os relatos apresentados, há também uma grande preocupação das entidades sobre a formação política da juventude trabalhadora. “Sou sindicalista desde os 23 anos de idade. Hoje, tenho 29, e sigo debatendo a importância dos sindicatos se aproximarem mais dos jovens. Não é que a juventude não quer sindicato, é que não se sente representada. É por isso que precisamos valorizar ao máximo esse projeto que é uma demonstração clara que estamos, sim, preocupados com o futuro do sindicalismo e o futuro da classe trabalhadora”, destacou Jéssica Andrade, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores na Construção e Madeira de João Pessoa e secretária de Juventude da CUT Paraíba.

 

Ações de comunicação

            Os sindicatos também relataram ações de comunicação como forma de atrair a juventude para a pauta sindical. Investimentos em mídias eletrônicas e reformulação de materiais tradicionais, foram algumas das ações apresentadas. “Um boletim que tem a mesma cara há 10 anos, com certeza não dialoga com as pessoas mais jovens. Precisamos tornar nossa comunicação mais atual e atrativa, destacou Jéssica.

 

Lideranças jovens

            Para Janaína Monteiro, secretária de juventude da CONTICOM, o projeto deve ir muito além da sindicalização. “Se olharmos para o ramo da construção e madeira, vamos observar pouquíssimos jovens e a maioria é homem. Para que haja mais lideranças jovens, é preciso um certo investimento das entidades. Tudo começa pela sindicalização e participação de homens e mulheres jovens no Sindicato, mas não podemos perder a oportunidade em destacar e apoiar lideranças jovens”, propôs a sindicalista.

            Claudio Gomes, presidente da CONTICOM, também reforçou a importância de promover ações para atrair a juventude não só para a sindicalização, mas também para as atividades sindicais e para os quadros de liderança. “Os sindicatos precisam mudar a forma de representar os trabalhadores e trabalhadoras. Nesse necessário processo de mudança, os trabalhadores e lideranças jovens tem um papel fundamental”, analisou.

           

Parceria inédita

            O projeto é a primeira ação da CONTICOM em parceria com o Solidarity Center, uma entidade ligada à AFL-CIO (uma das mais importantes centrais sindicais da América do Norte), que vem apoiando iniciativas que objetivam o fortalecimento das organizações dos trabalhadores em diversos países, dentre eles, o Brasil.  “Alcançar e engajar a juventude trabalhadora é um desafio e uma tarefa prioritária no Brasil e no mundo. Parabéns à CONTICOM por enfrentar esse desafio. Para nós é um orgulho imenso apoiar esse projeto”, declarou Gustavo Garcia, que representou o Solidarity center no evento, junto com Diana Horesh.

 

Negociação coletiva

            O projeto pretende ainda incentivar as direções sindicais em debater e negociar pautas visando a conquista de cláusulas que protejam, de forma especial, os trabalhadores e trabalhadoras jovens.

 

Mais informações sobre o projeto:

Dividido em 4 fases, o  projeto “Sindicalismo e Juventude: Capacitar para Transformar” se estenderá até abril de 2022. A primeira delas, realizada entre os meses de junho e julho, foi uma oficina virtual onde foi aprovada a  identidade visual da Campanha e debatidas as ideias de ações concretas, respeitando a realidade econômica, regional e cultural de cada base sindical.

Acompanhe o projeto AQUI

Na segunda fase, os integrantes do projeto discutiram e elaboraram junto às suas respectivas direções, um plano de trabalho, cujas ações serão implementadas na terceira fase, que se refere à campanha de sindicalização. O resultado da campanha será avaliado mensalmente, até abril de 2021.

A quarta e última fase, será a realização do Seminário Nacional de Juventude da CONTICOM. Neste evento, que terá ainda uma oficina de comunicação, a entidade pretende lançar seu Coletivo de Juventude, com objetivo de seguir debatendo e implementando ações sindicais específicas para os trabalhadores e trabalhadoras jovens.

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

CUT Nacional Ação sindical e ativismo ambiental na Amazônia Projeto Sindicalismo e Juventude
NEWSLETTER

Digite seu e-mail para receber nossos informativos


CONTICOM

Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo SP | Telefone (0xx11) 3330-3668 - Fax (0xx11) 3330 3669