Twitter Facebook

CUT CONTICOM > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > CAMPO GRANDE: TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL DEFINEM PAUTA DE REIVINDICAÇÕES

Campo Grande: Trabalhadores da construção civil definem pauta de reivindicações

07/02/2020

Assembleia da Campanha Salarial 2020 ocorreu na última sexta, 31

Escrito por: Redação SINTRACOM Campo Grande

O Sintracom de Campo Grande realizou nesta sexta-feira, (31) a Assembleia Geral com os trabalhadores da construção civil na sede do Sindicato no centro de Campo Grande. Cerca de 300 pessoas estiveram presentes na Assembleia que começou às 17:30.

O presidente do Sindicato, José Abelha, fez a abertura da Assembleia e citou a importância da presença em massa dos trabalhadores. "Sindicato forte é sindicato com participação massiva da categoria, e a presença de vocês aqui mostra que apesar de todas as dificuldade impostas pelo governo Bolsonaro, continuamos firmes e fortes no propósito de defender os trabalhadores", disse Abelha. O vice-presidente do Sintracom, Marco Cezar Ribeiro Gonçalves, e o diretor Elizeu Pacheco, também comentaram sobre a tentativa do governo Bolsonaro de retirar vários benefícios do trabalhador.

A supervisora técnica do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), Andreia Ferreira, mostrou de forma didática como os trabalhadores têm sido afetados pela política econômica do governo federal que não se importa em nada com investimentos na área social.

A Assembleia contou também com a presença de várias lideranças Sindicais como Walter Vieira dos Santos do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Pesada; a presidente do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios, Elaine Regina; e a coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores Administrativos da UFMS, Cléo Gomes.

A Assembleia serviu para debater junto com os trabalhadores a pauta de reivindicações para a Campanha Salarial que vai culminar na Convenção Coletiva 2020/2021. Os trabalhadores aprovaram o pedido de reajuste salarial para repor pelo menos a inflação, manutenção dos benefícios existentes, e o custeio sindical, recurso necessário para manter as ações do Sintracom em defesa da categoria. O custei sindical é descontado em folha de pagamento dos trabalhadores e repassado pelas empresas ao Sindicato.

Na hora de votar todos os itens da pauta de revindicações, os trabalhadores aprovaram por unanimidade toda a pauta de negociação. "O próximo passo agora é já comunicar os patrões sobre a abertura da negociação salarial para fecharmos o mais rápido possível o acordo para beneficiar nossa categoria", finalizou Abelha.

Ao final da Assembleia, houve sorteio de brindes como bicicletas e cestas básicas.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

CUT Nacional Ação sindical e ativismo ambiental na Amazônia Projeto Sindicalismo e Juventude
NEWSLETTER

Digite seu e-mail para receber nossos informativos


CONTICOM

Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo SP | Telefone (0xx11) 3330-3668 - Fax (0xx11) 3330 3669