Twitter Facebook

CUT CONTICOM > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > 53,7% DOS BRASILEIROS REPROVAM JAIR BOLSONARO, SEGUNDO PESQUISA CNT/MDA

53,7% dos brasileiros reprovam Jair Bolsonaro, segundo pesquisa CNT/MDA

27/08/2019

Aumentou de 19% para 39,5% o total de brasileiros que consideram o governo de Bolsonaro ruim ou péssimo

Escrito por: Redação CUT

notice

Pesquisa realizada pelo Instituto MDA, encomendada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), divulgada nesta segunda-feira (26), mostra que mais da metade da população brasileira reprova o desempenho pessoal de Jair Bolsonaro (PSL).

O índice de desaprovação de Bolsonaro pulou de 28,2% para 53,7%, entre fevereiro e agosto deste ano. No início do ano, 57,5% diziam aprovar o desempenho do presidente, mas esse índice caiu para 41%. Não quiseram ou não souberam responder 5,3% dos entrevistados.

No período, o percentual de brasileiros que avaliam o governo de Bolsonaro como ruim ou péssimo aumentou mais de 20 pontos percentuais - de 19% para 39,5%. A avaliação positiva caiu de 38,9% para 29,4% no mesmo período de tempo.

De acordo com o levantamento, 29,4% dos entrevistados consideram o governo como ótimo ou bom e 29,1% como regular. Não souberam ou não responderam 2% dos entrevistados.

O decreto sobre armas e a indicação do filho, o deputado estadual Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para o posto de embaixador em Washington, também foram mal avaliados pelos brasileiros. Para 39,1% dos entrevistados, o decreto sobre armas é a pior ação do governo em oito meses. E sete em cada dez (72,7%) pessoas afirmaram que a indicação de Eduardo é inadequada. 

Segundo a pesquisa, entrevistados apontaram Saúde (54,7%), Educação (49,8%) e Emprego (44,2%) como os maiores desafios do atual governo. Dentre as onze opções apresentadas, os entrevistados deixaram Energia (2,0%), Saneamento (3,1%) e Transporte (3,5%) como os menores desafios.

Sobre o desempenho do governo em diferentes setores, a pesquisa coloca o Combate à Corrupção (31,3%), Segurança (20,8%) e Redução de Cargos e Ministérios (18,5%) como as áreas que o governo melhor atuou nestes oito meses.

Por outro lado, Saúde (30,6%), Meio Ambiente (26,5%) e Educação (24,5%) foram apontados pelos entrevistados como as áreas de pior desempenho de Bolsonaro.

Metodologia

O Instituto MDA realizou 2.002 entrevistas entre os dias 22 e 25 de agosto, em 137 municípios.

A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

Saúde e Segurança DIEESE Brasil Atual
NEWSLETTER

Digite seu e-mail para receber nossos informativos


CONTICOM

Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo SP | Telefone (0xx11) 3330-3668 - Fax (0xx11) 3330 3669